Indicação

Barbosinha pede limpeza e iluminação pública para Rua da Divisão em Campo Grande

09/05/2019 16h33 - Por: Luciana Bomfim

 

Preocupado com o bem-estar dos moradores da Rua da Divisão e de seu entorno o deputado Barbosinha (DEM-MS) apresentou indicação, na sessão desta quinta-feira (9), solicitando melhorias como limpeza e iluminação pública no local.

De acordo com o documento apresentado, a Rua da Divisão está servindo de depósito de lixo para moradores de outros bairros. Na justificativa de intenção da limpeza do local, no Jardim Aero Rancho, há relatos de que a situação já acarretou na interrupção das duas vias da avenida. Segundo informações que chegaram ao conhecimento do deputado, na localidade existe acúmulo de móveis, sobras de construção, resíduos de podas de árvores entre tantos outros materiais que são descartados por lá.

"O atendimento deste pleito vai contribuir para evitar acidentes e impedir a proliferação de doenças, como dengue e outras que encontram no lixo um ambiente propício para a proliferação de larvas e roedores", justificou o deputado.

Quanto a iluminação pública o parlamentar apresentou indicação solicitando a instalação de novos postes de iluminação na Rua da Divisão, nas proximidades do Posto São Judas Tadeu.

O deputado entende que o pedido é uma medida fundamental para reforçar a segurança pública da população daquela região, tendo em vista que a falta de iluminação nas vias tem originado pontos de total escuridão e comprometimento da visão das pessoas que ali trafegam.

"A falta de uma iluminação adequada na Rua da Divisão pode ser convidativa para a atuação de delinquentes, corroborando para a ocorrência de furtos, roubos entre tantos outros crimes", disse Barbosinha.

A indicação dos dois pedidos foi encaminhada ao secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Rudi Fiorese; com cópia para o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad. O pedido de iluminação pública também foi encaminhado ao diretor-presidente da Energisa-MS, Marcelo Vinhaes Monteiro, já que a concessionária é o órgão competente a esta demanda.

A proposição atende o pedido do senhor José Amâncio e da senhora Andreia Riguetti, moradores da região.