Barbosinha mais investimentos em saneamento

Sub-título

10/01/2018 17h06 - Por: Assessoria

O deputado estadual Barbosinha (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira (5/2) para defender a manutenção de investimentos por parte dos governos estadual e federal em saneamento básico, uma vez que, ocupou o cargo de presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de MS) durante mais de sete anos, garantindo que o setor recebesse recursos que ultrapassam a casa de R$ 1 bilhão.

Barbosinha destacou que é muito importante que o atual governo continue olhando pelo saneamento. "Quando levamos água de qualidade e serviço de coleta e tratamento de esgoto até a casa das pessoas estamos realizando medicina preventiva, pois a cada real investido em saneamento estamos economizando cinco em saúde pública", enfatizou.

O parlamentar aproveitou a oportunidade para solicitar à presidência da Casa de Leis, que seja encaminhado em caráter de urgência ao governador Reinaldo Azabuja (PSDB) uma solicitação para a criação da Secretaria de Estado de Saneamento. De acordo com ele, a Sanesul cuida de água e esgoto no perímetro urbano, mas não há setor específico no Estado que olhe pelas aldeias indígenas, área rural, drenagem e resíduos sólidos. "O saneamento é dividido em quatro eixos [água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos], por isso a necessidade de uma pasta que defenda o setor", explicou Barbosinha.

Outra questão também lembrada pelo deputado foi a falta de água em São Paulo, situação que não acontece em Mato Grosso do Sul graças aos investimentos feitos pela Sanesul, que é um patrimônio do povo sul-mato-grossense.

Em aparte, o deputado Cabo Almi (PT) frisou que o Estado é privilegiado por ter a maior reserva de água doce do mundo, o Aquífero Guarani.


Segundo ele, a cada real investido em saneamento são economizados cinco em saúde pública. Foto: Regiane Ribeiro

noticiaswebmaster