Em Brasília, secretário cobra liberação de recursos para a segurança pública

20/02/2018 14h52 - Por: Assessoria

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, participou nesta quarta-feira (4) na Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, de uma audiência com o chefe de gabinete da secretaria, Marcello Barros e o secretario adjunto André Fagundes Mendes. Durante a reunião, o secretário cobrou a liberação de parcelas referentes aos convênios que já foram firmados com o Governo Federal.

Entre os convênios discutidos está o de cooperação que destina veículos, armas e equipamentos eletrônicos, provenientes do legado das Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014). Conforme o secretário, os veículos já deveriam ter sido destinados, mas ainda aguardam a liberação do Ministério da Justiça. "Tivemos um bom encaminhamento sobre os veículos. São caminhonetes, modelo S10, prontas, equipadas e à espera de serem retiradas do pátio da Força Nacional. Falta apenas Ministério sanar questões burocráticas, mas que agora devem ser agilizadas e vencidas", afirmou.

O secretário também cobrou a liberação dos recursos para a construção da sede do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e melhorias para o sistema penitenciário estadual, que atualmente abriga aproximadamente 15 mil presos para apenas oito mil vagas, sendo que seis mil são por tráfico de drogas.

"Precisamos que o Governo Federal dê sua contribuição. Nós recebemos muito pouco para uma polícia que tem feito o seu papel de proteger o Brasil. O Estado do Mato Grosso do Sul gasta aproximadamente R$ 242 milhões por ano para custear os internos. Nós precisamos da presença da União no cuidado com as fronteiras, sobretudo na construção de novos presídios e a manutenção deles", explicou José Carlos Barbosa.

A audiência foi acompanhada pelo deputado Geraldo Resende (PSDB), que é um dos autores da emenda parlamentar destinada para a construção da sede do DOF.


noticiaswebmaster