“Os Poderes devem ter o mesmo nível de importância”, afirma Barbosinha

25/04/2018 08h07 - Por: Assessoria

O deputado estadual Barbosinha (DEM) ocupou a tribuna na sessão ordinária desta terça-feira (24) para afirmar que a grandeza de um País depende da autonomia dos três poderes constituídos. "O Legislativo, o Judiciário e o Executivo só serão fortes se cada um fizer a sua parte na reconquista da imagem destas instituições". Sua fala foi uma alusão ao reconhecimento conferido pela Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PM-MS) a 156 personalidades, entre civis e militares, com a entrega da Medalha Tiradentes.

A solenidade de entrega da honraria aconteceu nesta manhã (24) no Centro de Eventos Albano Franco. "Representei a Casa de Leis junto ao deputado Professor Rinaldo [PSDB], lembrando que o deputado Cabo Almi [PT] representa esta classe, na outorga da Medalha Tiradentes a civis, militares e membros da corporação que prestaram relevantes serviços a nossa sociedade", informou Barbosinha.

O deputado Barbosinha também definiu a relevância do nome escolhido para a honraria. "Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é patrono das polícias militar e civil do Brasil e foi mártir da Inconfidência Mineira. Antes de ingressar como alferes aprendeu o ofício de dentista e é exemplo de dignidade, honestidade e de luta pelos ideais de igualdade até os dias de hoje. É muito importante para o civil e o militar receber uma homenagem que destaque quem é tão importante como um exemplo a ser seguido para os brasileiros", considerou.

Homenageados – Foram agraciados com a Medalha Tiradentes o comandante Militar do Oeste (CMO), general José Luiz Dias Freitas; o comandante da Ala 5, brigadeiro do ar Augusto César Abreu dos Santos; o diretor da Penitenciária Federal de MS, Rodrigo Morel Almeida; o diretor-geral do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), coronel Rodinei Ceballos e os delegados de Polícia Civil Márcio Oshiro Obara e Marco Antonio Balsanini, entre outros.

Barbosinha, que esteve a frente da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), enalteceu o trabalho dos policiais no Estado. "Exatamente no momento mais grave que o País atravessa, uma notícia nos informa que o Mato Grosso do Sul é o terceiro Estado mais seguro do Brasil, e isso se deve aos investimentos começados pelo secretário Silvio Maluf, e continuados com o programa MS Mais Seguro do governador Reinaldo Azambuja [PSDB], sobretudo nos homens e mulheres da Polícia Militar", relatou.

O deputado estadual Enelvo Felini (PSDB) destacou o progresso realizado na segurança pública estadual. "Hoje estamos colhendo os frutos de todas as ações implementadas desde o ano de 2015, sabemos que não é o ideal, mas que somos exemplos para todo o país", lembrou.

Com informações do Portal do Governo de Mato Grosso do Sul



noticiaswebmaster